Tag Archive: soja


Aprosoja – 22/12/2011

A Aprosoja participou, a convite do governador do Tocantins, Siqueira Campos, da inauguração de 230 quilômetros no trecho da ferrovia Norte Sul que liga o pátio intermodal de Palmas/Porto Nacional até Guaraí, todas as cidades no estado do Tocantins. O trecho é administrado pela companhia Vale do Rio Doce e possibilitará ligar a região central do estado por via ferroviária até o porto de Itaqui, no Maranhão e, de lá, à Europa e aos Estados Unidos, importantes destinos internacionais dos grãos produzidos no Brasil. Continue lendo

Anúncios

Portal G1 – 27/07/2011

Uma carga de soja pode demorar quase um mês para chegar ao destino. O Porto de Santarém, no Pará, tem sido boa alternativa de rota.

Do Globo Rural – O Brasil é um dos principais exportadores de soja do mundo. Quase tudo o que é vendido para fora sai pelos Portos de Santos, em São Paulo, e de Paranaguá, no Paraná. Já a produção do Norte do país encontrou uma boa alternativa de saída. Continue lendo

Olhar Direto – 06/04/2011

O aumento da demanda por canais de escoamento para grãos levou a Hermasa – empresa de navegação do grupo André Maggi – a investir na construção de uma estrutura própria em Porto Velho. Hoje, a empresa utiliza o terminal público do porto da capital de Rondônia, mas o plano é, pelo menos, dobrar a capacidade para movimentação de grãos, que atualmente é de 40 mil toneladas. A Hermasa também planeja trabalhar com dois produtos – soja e milho – simultaneamente, o que não é possível hoje. Continue lendo

Valor Econômico – 30/03/2011

Levantamento realizado pela Agroconsult revela que quase 3 milhões de toneladas de soja sequer saem das lavouras brasileiras. O volume de grão é literalmente perdido durante o processo de colheita da oleaginosa e equivale a 4% da produção nacional de soja. Nesse valor não são consideradas as perdas que ocorrem durante o processo de transporte da safra, seja para os silos das tradings, seja para os portos com destino ao mercado externo. Continue lendo

Diário de Cuiabá – 09/02/2011

Em volume, embarques via Santos contabilizaram 5,1 milhões de toneladas para mercado externo

Com 59% dos embarques, o Porto de Santos (SP) foi o grande destaque das exportações da soja mato-grossense em 2010. Em volume, os embarques via Santos contabilizaram 5,1 milhões de toneladas para o mercado externo.

Entre as várias opções de embarques, aparecem também os portos de Manaus (AM) e Vitória (ES). Este último porto foi responsável por 1,1 milhão de toneladas, enquanto o porto de Itacoatiara, em Manaus, embarcou 867 mil toneladas. Pelo porto de Paranaguá (PR) foram exportadas 613 mil toneladas, algo em torno de 7% da soja exportada pelo Estado. Continue lendo

Folha do Estado Expresso MT – 08/02/2011

“É possível que fique mais soja em Mato Grosso. Os setores de aves e suínos a cada dia crescem no Estado, porém por hora o biodiesel, cuja composição é 80% de soja”.

As vendas externas da soja mato-grossense recuaram em 2010 14,86% ante o ano de 2009, resistindo inclusive ao apetite da China, principal compradora do produto. O Estado de Mato Grosso, no ano passado, deixou de exportar 5,41 milhões de toneladas do grão, de uma produção de 18,81 milhões de toneladas, quantidade destinada para a produção de biodiesel, farelo e óleo de soja. Em 2010 apenas 13,4 milhões de toneladas foram exportadas, enquanto que em 2009 foram 14,84 milhões de toneladas. Conforme produtores e especialistas, o aumento interno é visto com bons olhos. Continue lendo

Folha de Londrina – 03/05/2010

Apesar de ter a melhor estrutura de armazenagem do País, capacidade fica abaixo do necessário; faltam ainda caminhões para o transporte e agilidade no Porto

Curitiba – Com praticamente 100% da soja já colhida nos campos dos dois maiores produtores do País, os estados do Paraná e Mato Grosso, os números nacionais, assim como no Paraná, confirmam as previsões de uma super safra de grãos para 2009/2010. Os recordes, porém, acabaram colocando produtores e cooperativas diante do desafio de escoar a produção sem dispor de infraestrutura condizente com os números alcançados. Continue lendo

Valor Econômico – 30/04/2010

Grande produtor do Centro-Oeste testa plantio na África

A rotina do empresário rural Gilson Pinesso vai mudar um pouco a partir de maio. Ele terá que dividir a administração do grupo que leva seu sobrenome no Brasil e cultiva 80 mil hectares de soja e algodão no Centro-Oeste, com viagens de quase 20 horas ao Sudão, no nordeste da África.

A cada 40 dias, entre junho e dezembro, Pinesso terá de ir ao país para acompanhar de perto o desenvolvimento de lavouras de soja e algodão em áreas que estão sendo cultivadas em sociedade com o grupo sudanês Agadi, a primeira parceria privada que se tem notícia de cultivo de algodão e soja por brasileiros no continente africano. (continuar lendo)

O Estado de S.Paulo – 26/04/2010

Suspeita é de que algumas empresas estariam exportando um volume menor do que o declarado no registro, já que foi encontrada diferença no peso da carga

Os embarques de soja em Paranaguá, maior porto exportador do grão do País, estão sendo alvo de investigação da Receita Federal e do Ministério Público. A suspeita é que empresas estariam exportando volume menor de soja do que o especificado no registro. Se confirmada a prática, o importador recebe quantidade menor de soja do que a contratada com o exportador. Continue lendo

DCI – Diário do Comércio & Indústria – 15/04/2010

Agência Estado – A China, maior comprador de soja do mundo, deve importar um recorde de 44 milhões de toneladas da oleaginosa em 2009/2010, uma alta de 7,3% contra a temporada anterior, de acordo com previsões do Centro Nacional de Informação de Grãos e Óleos (CNGOIC) do país. As plantas chinesas devem também processar um recorde de 47,5 milhões de toneladas de soja, incluindo a safra doméstica, acrescentou o instituto do governo. Continue lendo

La Nación – Argentina – 06/04/2010

El 45% de la cosecha se acopiaría con esta técnica. Los productores rurales optan por esta alternativa para desestacionalizar las ventas de granos.

Mientras la cosecha de soja y la de maíz aceleran su marcha, un dato se destaca en pleno fragor de la campaña. Es el boom de ventas de bolsas plásticas o silos bolsas para granos. Se trata de esos enormes “chorizos blancos” de 60 metros de largo y con capacidad para unas 200 toneladas que suelen verse desde el costado de cualquier ruta y que los productores usan para guardar la cosecha a campo. Por ese boom se estima que se van a almacenar con esta técnica entre 40 y 45 millones de toneladas, una cifra récord. Es casi el 45% de la cosecha de todos los granos. Continue lendo

Zero Hora – 14/04/2010

Polícia Rodoviária Federal pede paciência e prudência aos motoristas

A boa produção da safra gaúcha de soja, estimada em 9,5 milhões de toneladas, reflete no trânsito da estrada Rio Grande-Santa Maria (BR-392). Diariamente, cerca de 700 caminhões forrados do grão estacionam no porto de Rio Grande, no sul do Estado.

Entre fim de abril e início de maio, o pico deve chegar a mil veículos por dia. Os embarques, que começaram na última semana de março, já exportaram 342 mil toneladas do produto. Seis navios deixaram o porto rumo à China e a Taiwan – os chineses consomem cerca de 60% da soja plantada no Estado. Países europeus, como a Alemanha, são outros destinos do grão ao longo da safra. A projeção dos terminais da Tergrasa e Termasa é movimentar 5 milhões de toneladas até o final de maio, superando os 3,8 milhões em igual período de 2009. Continue lendo

Dourados Agora – 13/04/2010

A empresas armazenadoras estão abarrotadas com estocagem da soja, que aguardam melhorar o preço baixo preço pago pela saca da soja, fez com que grande parte dos produtores de Dourados procurassem armazenar o grão. Com isso, os locais que prestam o serviço de armazenamento em Dourados estão abarrotados.

A Empresa Armazenadora de Dourados (Emad), uma das mais requisitadas no município, diz que não existe mais espaço para armazenar mais nada. “Houve muita procura, mas não temos mais espaço”, disse a diretora-presidente da Emad, Gelci de Vargas. Ela explica que nos anos anteriores conseguia armazenar 1,2 milhão de sacas, mas nesta safra pode guardar apenas 400 mil por conta do estoque de milho do governo. “Este ano a empresa pode atender apenas 40% dos associados, mas acredito que outras armazenadoras também estejam superlotadas”, diz ela. Continue lendo

Expresso MT – 31/03/2010

Mesmo com péssima logística, colheita de soja em MT é a mais rápida da história

A colheita da soja em Mato Grosso tem mais uma façanha a comemorar. O levantamento semanal do Instituto Mato Grossense de Economia Agropecuária (Imea), que mostrou que dos 6 milhões de hectares colhidos, que correspondem a 98% dos 6,122 milhões de hectares cultivados na atual safra, indica que a colheita fechou duas semanas mais cedo nesta safra do que na do ano passado. Continue lendo

JM – Jornal de Maringá – 18/03/2010

Em Maringá, para que o desperdício seja menor, os funcionários das cooperativas precisam varrer e juntar a soja espalhada no pátio

Em época de colheita, o que mais se vê na beiras das rodovias é a soja que cai da carroceria dos caminhões. A estimativa é que cerca de 1 milhão de toneladas do grão sejam desperdiçadas durante o transporte do campo até o Porto de Paranaguá, apenas no Paraná. Continue lendo