Tag Archive: Portos


Navios já esperam 13 dias para atracar

Valor Econômico – 19/12/2011

Os navios de contêineres desperdiçaram, no ano passado, 72.400 horas esperando para atracar nos 17 principais terminais portuários do país, o que dá mais de 3 mil dias, uma conta que chegou, apenas entre janeiro e setembro de 2010, a R$ 246 milhões. Os navios esperam até 13 dias para poder atracar, porque faltam berços, os espaços destinados a eles nos cais, segundo Carlos Campos, coordenador de infraestrutura econômica do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Por isso, forma-se um congestionamento de embarcações na baía, à espera de autorização para atracar, ao custo de R$ 60 mil a R$ 70 mil por dia. Quando conseguem atracar, não podem sair totalmente carregadas, na maioria das vezes, por questão de calado. Continue lendo

Anúncios

Valor Econômico – 04/02/2011

Os portos do Rio de Janeiro, Espírito Santo e Rio Grande do Norte terão prioridade no recebimento de recursos para adaptação à legislação ambiental e já têm reservados R$ 7,442 milhões para serem divididos entre as adequações das três unidades. Outros portos, como Santos e Bahia, já estão com obras de adaptação em andamento, enquanto Paranaguá já toca as melhorias com recursos próprios. Continue lendo

Gazeta do Povo – 09/03/2010

Infraestrutura reduz custos de produção e eleva competitividade no mercado internacional, compensando parte dos problemas causados pela instabilidade interna

San Lorenzo, Argentina – Mesmo com todos os problemas internos, políticos e econômicos, a Argentina é um dos maiores exportadores de grãos do mundo. Para sustentar a posição, apoia-se em diferenciais agronômicos e logísticos. No país, o subsídio à agricultura é a natureza. Os solos férteis exigem menor desembolso com fertilizantes e a topografia plana facilita a mecanização. O acesso fácil a um complexo portuário fluvial que corta o cinturão de grãos do país agiliza o escoamento da safra. Perto de 80% da produção de grãos da Argentina está num raio de no máximo 300 quilômetros de algum porto. Continue lendo